O procedimento é indicado para quem sofre com desconfortos constantes, principalmente após o término de atividades físicas. A liberação miofascial possibilita alívio no foco da dor, já que trabalha sobre o músculo lesionado. Dessa forma recupera coordenação, flexibilidade e força da região acometida pelo desgaste.

Além do mais, o procedimento dispõe de uma série de outros benefícios. Por meio desse tratamento o movimento das articulações pode ser recuperado. Até a respiração e a circulação são favorecidos com este procedimento.

Inclusive, a pessoa poderá realizá-lo tanto antes quanto depois de um treino. Quando é procedido por uma atividade esportiva, a liberação miofascial proporciona o aumento da mobilidade articular, diminui tensão e sobrecarga músculo-articular, além de preparar a musculatura que irá ser exigida durante a prática.

Após a atividade, a técnica promove o relaxamento da musculatura, diminui a tensão, previne o agravamento de lesões e ainda contribui para o bem-estar do atleta.

Além de ser aplicada em atletas, a técnica também ajuda a amenizar sintomas relacionados a retrações musculares causadoras de tendinopatias, dor muscular crônica, síndrome dolorosa miofascial, contraturas, entre outros.

Deixe um comentário

wpChatIcon